Fonte do gabinete do chefe do Governo adiantou que foram endereçados 185 convites para o jantar e a reportagem da agência Lusa, presente na entrada do Palácio da Ajuda, viu chegar nomes como, por exemplo, os ator Joseph Gordon-Levitt, o futebolista Ronaldinho Gaúcho (ambos são oradores) e o próprio fundador da 'Web Summit', Paddy Cosgrave.

No campo político, e para além do primeiro-ministro, estiveram presentes no jantar nomes como o antigo presidente da Comissão Europeia Durão Barroso, o atual comissário europeu Carlos Moedas, o antigo vice-primeiro ministro Paulo Portas, diversos ministros e secretários de Estado do atual Governo e o autarca de Lisboa, o socialista Fernando Medina.

Para além destes, foram várias as dezenas de personalidades ligadas ao mundo do empreendedorismo e também do ramo diplomático, com vários embaixadores a marcar presença no jantar.

A 'Web Summit' é uma conferência global de tecnologia, inovação e empreendedorismo que decorrerá até quinta-feira, onde são aguardados mais de 50.000 participantes, de mais de 165 países, incluindo mais de 20.000 empresas, 7.000 presidentes executivos e 700 investidores.

Entre os oradores, estarão os fundadores e presidentes executivos das maiores empresas de tecnologia, bem como importantes personalidades das áreas de desporto, moda e música.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.