Na terceira jornada do torneio australiano, entravam novamente em campo os jogadores que faziam parte da parte superior do quadro masculino: Nishikori, depois de ter ganho em cinco sets na ronda anterior, bateu com alguma facilidade o francês Jeremy Chardy por 6-3, 6-4 e 6-3; Wawrinka, que também tinha sido obrigado a jogar uma quinta partida na ronda anterior, derrotou, em menos de duas horas, o americano Steve Johnson pelos parciais de 6-3, 6-4 e 6-4; Federer jogou contra o menos cotado americano Rubin, 200.º do ranking mundial, e saiu vencedor em três sets equilibrados por 7-5, 6-3 e 7-6(3); e Murray, que teve como adversário o jovem russo de 18 anos Andrey Rublev, não teve dificuldades em avançar para a próxima ronda por 6-3, 6-0 e 6-2, apesar de uma lesão que o apoquentou durante a partida. Tsonga e Berdych também confirmaram o seu favoritismo e venceram ambos os seus encontros em três partidas.

As surpresas e desilusões do dia foram mesmo as eliminações de Marin Cilic e Nick Kyrgios. O croata, número sete mundial, foi eliminado pelo inglês Dan Evans, que foi capaz de dar a volta ao encontro. Depois de ter perdido o primeiro set, o britânico passou à terceira ronda com uma vitória por 3-6, 7-5, 6-3 e 6-3. No jogo do dia, que colocou frente a frente o homem da casa, Kyrgios, frente ao italiano Andreas Seppi, o homem da "casa" e 13.º cabeça de série ainda venceu os dois primeiros sets mas não foi capaz de fechar o encontro e acabou por ser eliminado em cinco sets pelos parciais de 1-6, 6-7(1), 6-4, 6-2 e 10-8, depois de mais de três horas de jogo.

No quadro feminino, Venus Williams fez mais uma exibição convincente e venceu a suíça Voegele por 6-3 e 6-2. Angelique Kerber, número um mundial, voltou a ter uma tarefa mais complicada do que se esperava, e venceu a também alemã Witthoeft em três sets por 6-2, 6-7(3) e 6-2. A canadiana Eugenie Bouchard, que está a tentar voltar à forma que a levou à final de Wimbledon em 2014, também avançou para a terceira ronda ao derrotar a chinesa Shuai Peng pelos parciais de 7-6(5) e 6-2. Garbine Muguruza, campeã de Roland Garros, também passou à ronda seguinte ao ter saído vencedora do seu encontro com a americana Crawford por 7-5 6-4. A surpresa acabou por ser a eliminação da campeã olímpica por Porto Rico, nos Jogos do Rio 2016, às mãos da alemã Mona Barthel. Monica Puig acabou por ser derrotada em dois sets, um duplo 6-4, e está fora do primeiro Grand Slam do ano.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.