Num final frenético, quando se esperava que a decisão do último duelo dos ‘oitavos’ seguisse para o prolongamento, o avançado português marcou aos 90+4 minutos e assegurou a passagem do Lille.

Pouco antes, aos 90+2 minutos, Kamissoko tinha reposto a igualdade na partida e parecia ter mantido o ‘sonho’ do Bergerac, que nunca tinha chegado tão longe na competição.

Depois do tento de Éder - o herói da vitória de Portugal no Europeu de 2016, ao marcar o golo que derrotou a França na final, já no prolongamento -, Pinto foi expulso e deixou a formação da casa com menos uma unidade.

Depois uma primeira parte sem golos, o ‘nulo’ foi desfeito pelo médio português Rony Lopes, aos 71 minutos.

Nos quartos de final, agendados para 04 de abril, o Lille desloca-se ao terreno do Mónaco, equipa treinada pelo português Leonardo Jardim.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.