Rodrigo Ramos, aos 99 minutos, e Serginho, aos 112 e 120, ambos de grande penalidade, selaram a segunda ‘dobradinha’ do Estoril Praia, que repetiu 2020/21, numa final que os ‘arsenalistas’ terminaram com 10, por expulsão de Diogo Fonseca, aos 104.
A formação ‘canarinha’, que já tinha batido os minhotos na final do ano passado (2-1), isolou-se na liderança do ‘ranking’, com dois troféus, contra um do Desportivo das Aves, que também ganhou a Liga e a Taça Revelação em 2018/19.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.