"Decidi retirar-me do futebol internacional", informou hoje o médio de 31 anos através da sua conta na rede social Twitter.

Fellaini representou os 'diabos vermelhos', a alcunha da seleção belga, em 87 partidas ao longo de 12 anos, assinalando a sua satisfação por deixar a equipa num momento em que a Bélgica ocupa o primeiro lugar do 'ranking' da FIFA.

"É um bom momento para eu partir e permitir que a próxima geração dê continuidade a este período repleto de sucessos na história do futebol belga", sublinhou.

Depois de afastar o Brasil nos quartos de final do Campeonato do Mundo de futebol, disputado no último verão na Rússia, a Bélgica foi eliminada nas meias-finais do torneio pela França, que se veio a sagrar campeã mundial.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.