“Vai continuar a ser o treinador do FC Barcelona, entendemos que merece uma margem de confiança por diversos motivos, porque é uma referência do mundo do barça e é um ‘culé”, disse o presidente.

Laporta referiu que o treinador chegou ao clube num momento de “máxima dificuldade institucional e desportiva”.

“Depois de falar com ele, vejo que confia nesta equipa, especialmente a partir do momento em que os lesionados comecem a recuperar. Tem contrato em vigor e esperamos que nos encontremos novamente com as vitórias e com o bom jogo”, salientou.

O FC Barcelona, que a meio da semana foi derrotado pelo Benfica por 3-0, em jogo da segunda jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões, vai jogar hoje no terreno do Atlético de Madrid, na oitava jornada da Liga espanhola de futebol.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.