Em Stamford Bridge, os ‘reds’ chegaram à vantagem por Alexander-Arnold, aos 14 minutos, e o brasileiro Roberto Firmino aumentou a diferença, aos 30. Na segunda parte, o Chelsea ainda reduziu pelo francês Kanté, aos 71, mas não conseguiu fugir à primeira derrota caseira.

O Liverpool continua isolado na liderança com cinco pontos de vantagem sobre o Manchester City, que no sábado ‘esmagou’ no seu estádio o Watford, por 8-0, com um ‘hat trick’ do português Bernardo Silva.

Por seu lado, o Chelsea segue num surpreendente 11.º lugar, com apenas oito pontos, já menos 10 que os ‘reds’.

Também em Londres, no Estádio Emirates, o Arsenal esteve duas vezes em desvantagem perante o Aston Villa, mas acabou por vencer a equipa de Birmingham, por 3-2, com a reviravolta a acontecer já perto do final da partida.

Aos 20 minutos, o escocês McGinn colocou o Aston Villa na frente e a tarefa dos ‘gunners’ ficou ainda mais complicada com a expulsão de Maitland-Niles, aos 41.

Na segunda parte, o costa-marfinense Pépé refez a igualdade, aos 59 minutos, de grande penalidade, mas o brasileiro Wesley, na jogada seguinte, voltou a dar vantagem aos forasteiros, ao 60.

Os ‘gunners’ acabaram dar a volta ao marcador, com Calum Chambres a deixar tudo empatado, aos 81 minutos, e o gabonês Aubameyang a consumar a reviravolta, aos 84.

Com este resultado, o Arsenal, que já não vencia há três jogos na Premier League, ‘saltou’ para o quarto lugar, com 11 pontos, enquanto o Aston Villa caiu para zona de descida e ocupa o 18.º posto, com apenas quatro.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.