‘Rafa’, já recordista de cetros na ‘catedral da terra batida’ e em ‘majors’, ampliou ainda mais a sua lenda, com um triunfo por 6-3, 6-3 e 6-0, em duas horas e 18 minutos, diante do oitavo tenista mundial, a estrear-se em finais do ‘Grand Slam’, aos 23 anos, e logo diante do seu ídolo de infância.

Com 36 anos recém-cumpridos, Nadal, número cinco da hierarquia ATP e vencedor do Open da Austrália deste ano, tem agora mais dois títulos do ‘Grand Slam’ do que o sérvio Novak Djokovic, líder do ‘ranking’ mundial, e o suíço Roger Federer, depois de ter vencido pela 112.ª vez nos 115 encontros que disputou ao longo da sua carreira em Roland Garros.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.