Nadal assegurou assim o seu 91.º título da carreira, o terceiro em 2022, depois das conquistas do torneio australiano de Melbourne e do Open da Austrália, assegurando neste o recorde de títulos do Grand Slam (21, contra os 20 do sérvio Novak Djokovic e do suíço Roger Federer).

O espanhol, de 35 anos, demorou uma hora e 54 minutos para ultrapassar o britânico, somando o quarto triunfo em outros tantos encontros frente ao seu oponente, para terminar o torneio sem ter cedido qualquer 'set', como já tinha acontecido em 2020. Nadal venceu ainda as edições de 2005 e 2013 da prova.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.