De acordo com o gabinete oficial de estatísticas da União Europeia (UE), na comparação com junho do ano passado, a produção industrial subiu 9,7% na zona euro e 10,5% no conjunto dos 27 Estados-membros.

Já face ao mês anterior, a produção industrial teve ligeiros recuos, tanto no espaço da moeda única, de 0,3%, como no conjunto da UE, de 0,2%, aponta o Eurostat.

Na comparação homóloga, os maiores aumentos foram registados nos setores dos bens de consumo duráveis (15,7% na zona euro e 16,4% na UE) e bens intermédios (15,7% no espaço da moeda única e 16,1% em toda a União).

Já na comparação em cadeia, o maior recuo foi observado nos bens de investimento, com quedas de 1,5% na zona euro e de 1,2% no conjunto da União a 27.

Ainda na comparação com maio, Portugal registou em junho o segundo maior recuo na produção industrial entre os Estados-membros para os quais há dados disponíveis, com uma queda de 2,6%, apenas superada pela da Irlanda, de 4,4%.

No entanto, na comparação com junho de 2020, Portugal registou um aumento da produção industrial de 10%, colocando-se precisamente entre a média da zona euro e da UE.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.