“Este compromisso financeiro (…) pagará aos editores para criarem e selecionarem conteúdos de alta qualidade” para uma “experiência” de notícias online, escreveu Pichai num ‘post’ de blogue, indicando que o novo produto proposto pela Google estará primeiro disponível no Google News no Android e depois no Google News no iOS (smartphone da Apple).

Eventualmente, o Google News Showcase será também posto à disposição através de pesquisas padrão (Google Search) e no Google Discover, o ‘feed’ de notícias personalizado do Google.

Segundo Pichai, a Google já assinou acordos para este novo conteúdo, agrupados numa “montra Google News”, com quase 200 editoras de Alemanha, Brasil, Argentina, Canadá, Reino Unido e Austrália.

Entre estes editores, a Google cita Der Spiegel, Stern, Die Zeit, Folha de S. Paulo, bem como mais editores locais como “El Litoral, GZH, WAZ e SooToday”.

O Google está também a negociar acordos noutros países como a Índia, Bélgica e Holanda, diz Sundar Pichai.

Pichai não menciona a França no seu blogue, embora o Google esteja envolvido em difíceis negociações com editores de jornais daquele país sobre a questão dos direitos conexos.

Mas, de acordo com Sébastien Missoffe, o chefe da Google France, o Google News Showcase faz de facto parte destas discussões em curso.

“Como parte destas negociações” sobre direitos vizinhos, “propusemos também o nosso novo programa Google News Showcase”, disse Missoffe num comunicado enviado à AFP.

“Continuamos mais do que nunca mobilizados entre os editores de notícias para os ajudar no seu projeto de transformação digital e para apoiar um jornalismo de qualidade”, afirmou.

De acordo com Pichai, o Google News Showcase consistirá em áreas dedicadas que permitirão aos editores participantes “formatar” os seus artigos para fornecer “mais profundidade e contexto” através de linhas de tempo, recortes de apresentação e artigos relacionados.

“Outros componentes tais como vídeo, áudio e resumos diários seguir-se-ão”, de acordo com Sundar Pichai.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.