"As burlas ou fraudes com serviços legítimos e fidedignos, como é o caso do serviço MB Way, são fundamentalmente um problema de segurança pública, pelo que a SIBS mantém uma relação estreita com as autoridades com vista a ajudar a prevenir e/ou a identificar estas atividades", pode ler-se num comunicado enviado pela SIBS às redações.

A empresa que gere a rede Multibanco adianta ainda que "os dados inerentes à ocorrência destes incidentes estão em segredo de justiça, pelo que não podem ser revelados".

"Todos os serviços SIBS têm sistemas de monitorização e deteção de fraude contínua e permanente, com vista a reduzir ou a identificar a ocorrência de situações criminosas", assegura a SIBS.

A empresa esclarece que "os detalhes inerentes a estes métodos de prevenção são obviamente confidenciais, já que a sua divulgação compromete a respetiva segurança".

No comunicado, a SIBS alerta ainda os utilizadores para que não adicionem "números de telefone de terceiros ou desconhecidos ao serviço" MB Way.

Algumas "recomendações e regras fundamentais" são também recordadas pela SIBS, como "nunca adicionar ou permitir que adicionem à sua conta ou cartão bancário um número de telemóvel que não possui ou desconhece", um processo que "os bancos não solicitam telefonicamente ou por 'mail'".

"Caso seja contactado neste sentido e desconfie da legitimidade do contacto, deverá de imediato entrar em contacto com o seu banco", alerta a gestora de serviços de pagamentos.

A SIBS salienta que, tal como este processo não acontece com bancos, "nenhuma entidade legítima, como operadoras de comunicação ou de outros serviços, lhe poderá solicitar, telefonicamente ou por 'mail'", o mesmo procedimento de adicionar um número de telefone.

"Nunca forneça dados confidenciais ou pessoais como resposta a mensagens de correio eletrónico ou via SMS, mesmo que a origem da solicitação pareça ser legítima", adverte ainda a empresa, recomendando também que nunca sejam seguidas ligações recebidas por correio eletrónico ou SMS.

A SIBS reforça a importância de verificar "os extratos das contas bancárias regularmente".

A Polícia de Segurança Pública (PSP) alertou hoje para um aumento de ocorrências relacionadas com burlas através do MB Way, tendo registado entre janeiro e maio deste ano 135 queixas, e recomenda cuidados no uso desta aplicação.

O alerta da PSP foi publicado hoje na rede social Facebook desta polícia, no qual faz um alerta para o aumento deste tipo de burlas bem como recomendações.

De acordo com os dados avançados pela PSP, em 2018 foram registadas 99 ocorrências relacionadas com burlas através do MB Way e entre 01 de janeiro e 31 de maio 135.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.