A organização dos Prémios Europeus de Cinema (EFA, na sigla em inglês) divulgou hoje os primeiros 30 filmes selecionados para a edição deste ano, dos quais constam “Fogo-fátuo” e “Pacifiction”.

Nas próximas semanas, os cerca de 4.400 membros da Academia Europeia de Cinema irão escolher os nomeados nas categorias de Melhor Filme, Realizador, Ator, Atriz e Argumento. As nomeações serão anunciadas em 08 de novembro, durante o festival de cinema de Sevilha, em Espanha.

Este ano, a cerimónia de entrega dos prémios, cujos filmes selecionados tiveram estreia entre 01 de junho de 2021 e 31 de maio de 2022, acontece em 10 de dezembro em Reiquiavique, na Islândia.

A lista de 30 filmes selecionados inclui ainda, entre outros, “Belfast”, de Kenneth Branagh, “Nostalgia”, de Mario Martone, “Un beau matin”, de Mia Hansen-Love, “Mães Paralelas”, de Pedro Almodóvar, “Tori et Lokita”, de Jean-Pierre e Luc Dardenne, e “Triangle of sadness”, de Robert Östlund.

“Fogo-fátuo”, de João Pedro Rodrigues, “uma comédia erótica em formato musical”, teve estreia mundial em maio, na Quinzena de Realizadores do Festival de Cinema de Cannes, em França, tendo já sido exibido em festivais na Austrália e na Bélgica, e premiado no festival de cinema de Bruxelas.

O filme é uma produção da Terratreme Filmes e da Filmes Fantasma, em coprodução com França, e conta com interpretações de Mauro Costa e André Cabral, aos quais se juntam, entre outros, Joel Branco, Oceano Cruz, Margarida Vila-Nova e Miguel Loureiro.

A história de “Pacifiction”, que esteve em competição no Festival de Cannes, desenrola-se na ilha do Tahiti, na Polinésia Francesa.

O filme tem coprodução portuguesa pela Rosa Filmes.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.