Hoje, e pela terceira e última vez este ano, as portas do recinto, no Passeio Marítimo de Algés, abrem às 15:00, hora a que atua a primeira banda, os Road 31, no palco do pórtico de entrada, um dos sete espalhados pelo recinto.

Nos restantes palcos, os concertos têm início pelas 17:00 e 17:30.

No palco principal, são os portugueses The Gift a dar o ‘pontapé de saída’. Seguem-se os espanhóis Vetusta Morla, o britânico Tom Walker, em estreia em Portugal, e os norte-americanos Bon Iver, de Justin Vernon.

O encerramento da 13.ª edição do NOS Alive, no palco principal, fica a cargo dos norte-americanos The Smashing Pumpkins, que regressam a Portugal com a formação original (de 1988) quase completa e um novo álbum (“Shiny and Oh So Bright, Vol. 1 / LP: No Past. No Future. No Sun”) editado no final do ano passado, e da dupla britânica The Chemical Brothers.

No palco secundário, hoje, as atenções estão centradas na estreia a solo em Portugal do britânico Thom Yorke, vocalista dos Radiohead, mas por lá irão atuar também os espanhóis Beluga, os australianos Rolling Blackouts Coastal Fever, o irlandês Gavin James, os britânicos Idles e Marina e a dupla francesa The Blaze.

O alinhamento do palco Clubbing hoje inclui os portugueses Soho Soho, a dupla franco-chilena Nova Materia, o australiano Golden Features, o britânico Tourist, a dupla canadiana Bob Moses, o britânico George Fitzgerald e o português Trikk.

O palco Coreto acolhe hoje os cinco vencedores do concurso promovido pelo Turismo de Portugal para criação da banda sonora da campanha Portugal. The Summer: Brady O’Keefe, Guga Bruno, Maria Rui, Nelsonn e Chilè.

Hoje, o Fado Café recebe Fábia Rebordão, Márcia e, pelo terceiro dia consecutivo, a banda Variações, criada no âmbito do filme de tributo a António Variações, e que junta o ator Sérgio Praia aos músicos Duarte Cabaça, David Santos, Vasco Duarte e Armando Teixeira, este último responsável pela banda sonora do filme, que chega aos cinemas a 22 de agosto.

No festival há ainda um palco dedicado ao humor, o Comédia, por onde hoje irão passar Ricardo Cardoso, Catarina Matos, Carlos Vidal, Hugo Sousa, Nilton e os Ena Pá 2000.

O palco do pórtico da entrada irá ainda receber, além dos Road 31, XPTO e Bunny O’Williams.

O início da última atuação da 13.ª edição do NOS Alive está marcado para as 02:40.

A organização aconselha o uso de transportes públicos para chegada e saída do recinto. “Durante a madrugada dos dias do festival a CP vai alargar os horários da Linha de Cascais, através dos comboios especiais que partem de Algés, circulando comboios entre Algés e o Cais Sodré, entre as 02:15 e as 05:15, e, entre Algés e Cascais, entre as 02:15 e as 04:30.

Entre as 00:30 e as 05:00 irão circular três carreiras do serviço noturno especial da Carris: a J, entre o festival e o Cais Sodre, a K, entre o festival e o Marquês de Pombal, e a L entre o festival e a Estação do Oriente.

O festival regressa ao Passeio Marítimo de Algés em 2020, para a 14.ª edição, a 09, 10 e 11 de julho.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.