O SAPO24 obteve a confirmação por parte de Lurdes Castanheira, Presidente da Câmara Municipal de Góis, de que o acidente envolveu um helicóptero da empresa Helibravo que se encontrava em ações de formação, a efetuar um voo de treino sobre o concelho com dois tripulantes a bordo.

Segundo a autarca, o helicóptero partiu da Lousã e caiu perto da aldeia de Aigra Velha, parte das Aldeias de Xisto, localizada no concelho de Góis, no distrito de Coimbra.

Fontes do setor aeronáutico explicaram à agência Lusa que o helicóptero acidentado está ao serviço da Proteção Civil, no âmbito do combate aos incêndios.

Ainda não se apuraram as causas da queda da aeronave, mas Lurdes Castanheira confirmou que um dos tripulantes saiu ileso do acidente e que o outro sofreu apenas ferimentos ligeiros.

De acordo com a informação disponibilizada no website da Proteção Civil, o alerta para o acidente aéreo foi dado às 17:20, tendo sido mobilizados para o local 14 operacionais dos bombeiros e seis viaturas até ao momento.

[Notícia atualizada às 18:44]

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.