Sob o lema ‘Albufeira praias seguras’, a campanha de sensibilização apela aos utilizadores dos areais para que adotem “medidas de proteção e o respeito pela sinalética existente à entrada das praias”, refere a autarquia em comunicado.

Através de informação disponibilizada em português e inglês são apontadas as regras para uma utilização responsável nas 25 zonas balneares do concelho e os deveres dos banhistas, em ações dinamizadas pelo Serviço Municipal de Proteção Civil.

Iniciada em 06 de junho, a campanha manter-se-á até setembro, com ações de sensibilização reforçadas nas praias através de uma tenda que disponibiliza informações entre as 09:30 e as 11:30.

Para o presidente da Câmara de Albufeira, José Carlos Rolo, citado no documento, o objetivo é alertar os veraneantes “para a importância de uma atitude preventiva, chamando a atenção para que se evitem comportamentos que coloquem em causa a saúde e a segurança de todos”.

Segundo o autarca, o município “não se poupou a esforços para que a época balnear decorra em segurança”, não só pela pandemia provocada pela covid-19, como também pelo perigo da queda das arribas.

A iniciativa pretende alertar para o problema da instabilidade das arribas devido à erosão natural, com a adoção de medidas preventivas, nomeadamente, quando os utilizadores das praias se procuram abrigar do sol e do vento na base das arribas, cujo risco de queda de detritos é permanente.

Em 2009, na praia Maria Luísa, no concelho de Albufeira, a derrocada de um penedo causou a morte a cinco pessoas, o acidente mais grave envolvendo arribas registado em Portugal.

“A autarquia, juntamente com os concessionários e as restantes entidades com responsabilidades na orla costeira, prepararam tudo para que, nesta época balnear atípica, residentes e turistas possam gozar das praias em condições de total segurança”,sublinhou o autarca.

De acordo com a autarquia, além da colocação de mastros com bandeiras que indicam a ocupação das praias e dispensadores de álcool gel, foram marcados corredores de circulação de sentido único e aumentada a sinalética.

Numa parceria com a Associação de Nadadores Salvadores de Albufeira (ANSA) foram reforçados os mecanismos de vigilância, fiscalização e segurança dos banhistas, com uma embarcação e uma viatura, que garantem a assistência em praias não concessionadas.

Foi, igualmente, criado um número de emergência: 915 951 936, para tornar o processo de assistência mais célere.

A informação e as regras para uma utilização responsável das praias está acessível diariamente aos banhistas no posto de informação da Praia dos Pescadores, das 10:00 às 13:00 e das 15:00 às 18:00.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.