"No próximo ano vou entrar como presidente do Governo Regional, estou convencidíssimo, não tenho dúvidas", disse aos jornalistas, o que, a acontecer, será a primeira vez.

"Vão ter uma surpresa este ano", realçou.

Milhares de pessoas, entre locais e turistas, alinharam hoje ao longo das avenidas da costa sul da cidade do Funchal, na Madeira, para assistir à passagem do Cortejo Alegórico de Carnaval, constituído por 14 trupes e 1.900 foliões.

Subordinado ao tema "Madeira 600 anos à descoberta da folia", numa alusão às comemorações em curso do sexto centenário da descoberta do Porto Santo e da Madeira, o primeiro carro alegórico e trupe a desfilar pelas avenidas Sá Carneiro e do Mar e das Comunidades Madeirenses (faixa sul) até à Praça da Autonomia foi o de João Egídio Rodrigues com o tema "Seis Séculos de folia brilhante".

Seguiram-se-lhe "40 Anos de folia" (Escola de Samba Caneca Furada); "Folia no paraíso" (Associação de Animação Geringonça); "Vem da alma"(Associação Fura Samba); "Os Cariocas rendidos à folia"( Escola de Samba os Cariocas); "Divitia" (Associação Animad); "Vamos ao baile" (Turma do Funil)e "O Carnaval é nosso" (Associação Cultural Império da Ilha).

O desfile continuou com "O Baile" (Fitness Team); "Madeira em festa" (Sorrisos de Fantasia); "Maravilhas do mar, esplendor de uma noite de folia"("Associação de Animação Tramas e Enredos); "Madeira avant-garde" (Rotiça); "Bollywood versus Hollywood" ( Dance Flavours by Francisco Cardoso) e a "Lenda de Machim - uma história de amor" (Sweet Dancers).

O Governo Regional da Madeira reforçou, este ano, em 24%, o investimento nas festividades do Carnaval, totalizando 450 mil euros num cartaz cuja taxa de ocupação hoteleira da região se fixou em 78% (77% em 2018).

As festividades tiveram início a 21 de fevereiro, com a Festa dos Compadres, em Santana, no norte da ilha, e decorrem no Funchal até 10 de março, com a animação concentrada na Placa Central, em frente à catedral, e na Avenida do Mar.

Na conferência de imprensa, a secretária regional do Turismo e Cultura destacou ainda, entre as novidades introduzidas este ano, a realização de um espetáculo de artes circenses no domingo, 03 de março, às 21:00 horas, no centro do Funchal, e sublinhou o "reforço da animação musical" durante toda a quadra, no âmbito de um evento que envolve diretamente mais de 5.000 pessoas e que este ano surge inserido nas comemorações dos 600 anos da descoberta da Madeira.

Na terça-feira, 5 de março, será a vez do cortejo trapalhão sair à rua.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.