O Instituto Robert Koch (RKI) dá conta de uma nova subida do número de infeções: Nos últimos sete dias foi registado um total de 9.128. No início de setembro o valor associado ao mesmo período estava abaixo dos 7.500.

Ainda não é claro o motivo do aumento já que, segundo o RKI, o número de testes realizados na Alemanha diminuiu, assim como as pessoas que regressam de viagem.

A entidade responsável pela prevenção e controlo de doenças no país sublinhou no seu último relatório que “os contágios estão a ocorrer cada vez mais na Alemanha”.

Desde o início da pandemia de covid-19, o país contabilizou um total de 263.663 casos, de entre os quais aproximadamente 236 mil foram considerados curados. Houve ainda um total de 9.368 óbitos.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 929.391 mortos e mais de 29,3 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.875 pessoas dos 65.021 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

JYD // FPA

Lusa/Fim

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.