“Devido a um conjunto de constrangimentos em vários aeroportos europeus, estão previstos, para o dia de hoje, 65 voos cancelados — 40 chegadas e 25 partidas”, informou a ANA, numa nota enviada à Lusa.

Esta informação atualiza os dados divulgados pela ANA há cerca de duas horas, que apontavam para o cancelamento de um total de 32 voos no aeroporto de Lisboa, nomeadamente 18 chegadas e 14 partidas.

Neste âmbito, “o aeroporto de Lisboa implementou medidas para apoiar as companhias aéreas, nomeadamente a instalação de balcões móveis suplementares para reagendamento de voos”, afirmou a empresa concessionária dos aeroportos, indicando que foram também reforçadas as equipas de apoio aos passageiros e distribuição de águas.

“Aconselhamos os passageiros com voo marcado para hoje a contactarem as companhias aéreas”, indicou a ANA.

De acordo com a informação disponível no ‘site’ da ANA, até às 16:30 de hoje foram canceladas três dezenas de voos com origem e destino a Lisboa.

Em causa estão, segundo informações recolhidas no referido ‘site’, voos com destino várias cidades europeias, mas também a Filadélfia, Acra, Dakar, Porto Santo e Varadero.

Do lado das chegadas há também indicação de cancelamento de vários voos que estavam previstos aterrar em Lisboa durante a manhã, provenientes de origens tão variadas quanto Tanger, Porto, Sal, Bratislava, Madrid, Paris, Milão, Frankfurt, Roma, Recife ou Casablanca.

Até ao final do dia, a informação atualmente disponível aponta para o cancelamento de mais de duas dezenas de voos com origem e destino a Lisboa.

Na maioria destas situações estão em causa voos da TAP, de acordo com os mesmos dados.

O aeroporto do Porto registou até ao momento o cancelamento de uma partida com destino a Amesterdão e de duas chegadas.

Os cancelamentos de voos aliados ao aumento da procura têm gerado a criação de longas filas nos aeroportos, com muitos passageiros a queixarem-se das horas perdidas à espera da bagagem e a reportarem o facto de apenas conseguirem recuperar as malas dias depois de terem chegado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.