Em comunicado, a GNR esclarece que no decurso de uma ação de fiscalização direcionada para o controlo da circulação de mercadorias, realizada na terça-feira, os militares detetaram a folha de tabaco num veículo pesado de mercadorias.

"A mercadoria, que está sujeita a tributação em sede do Imposto Especial sobre o Tabaco (IT), não se fazia acompanhar de qualquer documento de transporte de âmbito fiscal e aduaneiro que regularizasse a sua detenção e transporte em território nacional", refere a mesma nota.

De acordo com a GNR, o valor da mercadoria apreendida ascende a cerca de dois milhões de euros e, caso fosse introduzida no consumo através dos circuitos comerciais marginais, causaria um prejuízo para o Estado, em sede de Imposto Especial sobre o Tabaco (IT) e Imposto Sobre o Valor Acrescentado (IVA), de aproximadamente 1,8 milhões de euros.

A GNR refere ainda que foi detido um homem de 48 anos pelo crime tributário de introdução fraudulenta no consumo.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.