“A campanha arrancou as 00:00 horas de hoje e vai até ao dia 07 de outubro. Da nossa parte, mantemos os nossos apelos aos partidos, que são os principais atores nesta fase do processo, para que optem pelo civismo”, disse à Lusa o porta-voz da Comissão Nacional de Eleições (CNE), Paulo Cuinica.

O escrutínio terá a particularidade de ser o primeiro de um novo modelo que resulta das alterações da Constituição. Os líderes das autarquias vão passar a ser escolhidos a partir da lista mais votada para a assembleia municipal, deixando de ser sufragados diretamente em boletim de voto próprio, como se verificava desde as primeiras eleições autárquicas, em 1998.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.