Nuno Mocinha, de 45 anos, está a cumprir o primeiro mandato à frente no município de Elvas, no distrito de Portalegre, depois de, entre 2005 e 2013, ter exercido a função de vice-presidente da autarquia raiana.

O executivo municipal de Elvas é composto por seis eleitos pelo PS e um pelo CDS-PP.

O antigo presidente da câmara, Rondão Almeida, eleito pelo PS, já anunciou que vai voltar a concorrer, mas desta vez por um movimento independente, após ter pedido a desfiliação do partido.

Tiago Abreu, vereador sem pelouros na autarquia e líder da Comissão Política Distrital de Portalegre do CDS-PP, também já divulgou a sua candidatura ao município, encabeçando a lista dos centristas.

O PSD apresenta, por sua vez, na corrida ao município de Elvas o engenheiro civil Luís Caldeira Fernandes.

No distrito de Portalegre, com 15 concelhos, o PSD lidera em seis municípios (Alter do Chão, Arronches, Sousel, Fronteira, Marvão e Castelo de Vide).

O PS possui também seis câmaras (Campo Maior, Elvas, Ponte de Sor, Crato, Nisa e Gavião), a CDU lidera em duas autarquias (Avis e Monforte), ao passo que a Câmara de Portalegre é gerida pelo movimento Candidatura Livre e Independente por Portalegre (CLIP).

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.