A informação foi divulgada no portal de notícias da autarquia, que revela ainda a existência de corredores BUS em alguns locais e justifica o “novo modelo de circulação automóvel na marginal” com os “reflexos” que o mesmo vai ter “no alívio da zona histórica”.

“O fluxo controlado do tráfego automóvel na Avenida Gustavo Eiffel privilegia os movimentos de escoamento do centro histórico para nascente, em detrimento dos movimentos de entrada. Ainda assim, o horário definido permitirá compensar os fluxos de maior procura na ligação a Gondomar, considerando desta forma o menor número de soluções rodoviárias na ligação a este concelho”, descreve a autarquia.

O “novo modelo de circulação” aplica-se às avenidas de Gustavo Eiffel e Paiva Couceiro.

Assim, explica a Câmara, “a circulação do tráfego automóvel será autorizada apenas nos seguintes horários e sentidos: das 05:00 às 12:00 horas, no sentido Freixo-Ribeira; no restante período (12:00 – 05:00), será no sentido oposto”.

A autarquia acrescenta que a reabertura da marginal entre a Ribeira e o Freixo, marcada para as 05:00 de quinta-feira, “acontece após vários meses de encerramento, impostos pela necessidade de consolidação da Escarpa das Fontainhas”.

Apesar da reabertura, a obra de consolidação da escarpa, “que representa um investimento de cerca de 1,2 milhões de euros”, vai continuar “até meados do mês de setembro”.

Isto, acrescenta, “já sem que seja necessário impor restrições à circulação”.

De acordo com a Câmara, “entre a Calçada das Carquejeiras e a Rua de Sabrosa, irão ser implementados corredores BUS, abertos também a veículos pesados de transporte de passageiros em regime regular e ocasional, motociclos e ciclomotores”.

“Ao responder ao objetivo estratégico de redução gradual da circulação automóvel no centro histórico, esta medida vem descriminar positivamente o transporte coletivo, a circulação pedonal e os modos de transporte privado menos consumidores do espaço público”, esclarece.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.