"A Sonae está hoje presente na Comunicação Social, telecomunicações, retalho, desenvolvendo ao mesmo tempo, através da sua fundação, uma obra social muito assinalável nos domínios da educação, cultura e solidariedade", lê-se no texto proposto pelo próprio presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, figura tutelar daquele grupo empresarial.

Os deputados destacaram ainda o percurso do homem nascido no Marco de Canaveses em 1938 que "soube transformar a Sonae numa referência internacional" e "era hoje um dos homens mais ricos do país e do Mundo".

"O país continua a olhar para a Sonae como um referencial de criação de riqueza e emprego, na certeza de que continuará a procurar os melhores padrões de inovação empresarial e responsabilidade social", refere ainda o voto de pesar.

Em 2006, o engenheiro de formação foi condecorado com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique pelo então presidente da República, Jorge Sampaio.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.