“O Brasil foi eleito, por aclamação, a 28 de maio, para exercer a presidência do Conselho Executivo da Organização Mundial da Saúde (OMS), agência especializada do sistema das Nações Unidas”, referiu a nota do Ministério.

A última vez que o Brasil ocupou essa posição foi em 1961, de acordo com o comunicado.

Segundo o documento, “o Brasil tem uma atuação de destaque e liderança na OMS, sobretudo na defesa do acesso universal a medicamentos e serviços de saúde”.

“No exercício da presidência do Conselho Executivo, o Brasil terá a oportunidade de coordenar a discussão multilateral dos principais temas de saúde em sintonia com os objetivos da Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável (da ONU)”, de acordo com o comunicado.

A OMS, que existe desde 1948, tem como missão elevar os padrões sanitários e de bem-estar da população mundial, coordenando os esforços internacionais para a prevenção, o controlo e o tratamento de doenças, supervisionando o intercâmbio entre os países-membros de informações epidemiológicas e realizando pesquisas em diversos campos da área de saúde.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.