A votação ‘online’ para a escolha da Palavra do Ano, a partir de uma lista de dez vocábulos, decorreu de 1 a 31 de dezembro em www.palavradoano.pt.

“Brexit”, “campeão”, “empoderamento”, “geringonça”, “Humanista”, “microcefalia”, “parentalidade”, “presidente”, “turismo” e “racismo” constituem a lista de palavras sujeitas a votação.

Durante o mês de dezembro, segundo fonte da organização, as palavras “geringonça” e “campeão” foram sempre liderando as intenções de voto dos cibernautas.

A escolha da Palavra do Ano iniciou-se em maio do ano passado, acolhendo sugestões de cibernautas, num processo que passou sobretudo pelo estudo da frequência e distribuição do uso das palavras, da monitorização da comunicação social e das redes sociais e, ainda, dos acessos e consultas aos dicionários digitais da Porto Editora.

Esta é a oitva edição da Palavra do Ano, em Portugal e, pela primeira vez, decorreu também em Angola e Moçambique, cujos resultados só serão conhecidos em meados deste mês.

As palavras eleitas nas edições anteriores foram “esmiuçar” (2009), “vuvuzela” (2010), “austeridade” (2011), “entroikado” (2012), “bombeiro” (2013), “corrupção” (2014) e “refugiado” (2015).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.