Boris Johnson deverá abandonar a estratégia de sair da União Europeia até ao final deste mês — custe o que custar. O primeiro-ministro britânico vai pedir aos deputados que apoiem eleições gerais ainda antes do natal, avança a imprensa britânica.

O jornal 'The Guardian' conta que Jonhson escreveu ao líder da oposição trabalhista, Jeremy Corbyn, dizendo que vai dar uma última oportunidade ao parlamento para escrutinar o acordo de saída da União Europeia, a 6 de novembro.

Mas o primeiro-ministro britânico anunciou numa entrevista que vai apresentar na segunda-feira uma proposta para eleições legislativas a 12 de dezembro, oferecendo em troca aos deputados mais tempo para debater a legislação sobre o 'Brexit'.

"Se eles realmente querem mais tempo para estudar este excelente acordo, podem obtê-lo - mas precisam de concordar com uma eleição geral a 12 de dezembro", afirmou, numa entrevista à BBC.

O governo já propôs eleições legislativas antecipadas por duas vezes, em setembro, mas foi bloqueado pela oposição, pois são necessários os votos de dois terços da Câmara dos Comuns (434) para avançar.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.