Em comunicado, Bruxelas dá conta da mobilização desta verba para aquela região, explicando que o objetivo é fazer face aos “efeitos devastadores” dos ciclones Idai e Kenneth, que afetaram a região em março e em abril passado, respetivamente.

Esta doação — em forma de empréstimo do Banco Europeu de Investimento (BEI) — foi comunicada na Conferência Internacional de Doadores, um evento de dois dias que decorreu no fim de semana na cidade da Beira, centro de Moçambique.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.