O corpo foi encontrado esta segunda-feira de manhã a 20/30 metros do cais, no fundo e preso a um cabo, de acordo com o capitão Diogo Branco, da Capitania do Porto de Lisboa, em declarações aos jornalistas no local.

As buscas para encontrar o jovem desaparecido no domingo à tarde no rio Tejo, quando ia a banhos naquela região do distrito de Setúbal, tinham sido interrompidas ao pôr-do-sol mas foram retomadas esta manhã, cerca das 7h00.

Segundo avança a SIC Notícias, o jovem estaria a dar mergulhos com o irmão no pontão da Ponta dos Corvos quando se começaram a sentir mal. Um dos jovens acabou por ser socorrido por um homem que estava presente no local, mas já não conseguiu socorrer o irmão desaparecido.

De acordo com um comunicado da Autoridade Marítima Nacional, o alerta foi recebido cerca das 17:00 de ontem, através do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa (MRCC Lisboa).

Nas operações estiveram empenhados “uma mota de água e uma embarcação da Estação Salva-vidas de Lisboa e uma embarcação do comando-local da Polícia Marítima de Lisboa para assegurar a interdição da área onde o Grupo de Mergulho Forense da Polícia Marítima”.

No local, estiveram também os mergulhadores dos Bombeiros Voluntários de Cacilhas que vão efetuar as operações de mergulho, bem como uma equipa da Polícia Marítima por terra.

A autoridade indica que também esteve empenhado o Gabinete de Psicologia da Polícia Marítima.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.