Em conferência de imprensa, o presidente do núcleo regional do Centro, Carlos Oliveira, disse que as caminhadas em simultâneo têm como objetivo a consciencialização social para a prevenção do cancro e a comemoração do Dia do Voluntário, "homenageando assim o trabalho, dedicação e carisma dos cerca de 1.500 voluntários da região".

A iniciativa insere-se nas comemorações dos 50 anos do núcleo regional do Centro da LPCC, que abrange uma população de cerca de 1,5 milhões de habitantes nos 78 concelhos abrangidos.

Por outro lado, a atividade pretende promover o exercício físico e destacar a "matriz solidária das comunidades" da região Centro.

"Um terço das mortes por cancro são atribuídas a fatores que decorrem de hábitos alimentares errados e à inatividade física", frisou o médico Carlos Oliveira, salientando que a atividade física é uma "parte importante de uma vida saudável, independentemente da idade".

As 78 caminhadas "O que nos Liga" podem vir a entrar no livro de recordes do Guinness Book pela "maior mobilização comunitária na luta contra o cancro", adiantou o presidente do núcleo regional do Centro.

A iniciativa conta com o apoio do Turismo Centro de Portugal, representado na conferência de imprensa de apresentação pelo presidente Pedro Machado, que se associou à causa.

"Esta é uma forma também de promover o nosso território, uma vez que é uma ação simultânea nos 78 municípios e a predisposição que as caminhadas representam num dos nossos produtos mais fortes hoje", sublinhou.

Com esta ação, "de alguma forma, vai-se também reforçar essa aptidão que o Centro de Portugal e estes territórios têm para o desenvolvimento da chamada componente ativa ou de uma vida saudável", acrescentou Pedro Machado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.