O Canadá tornar-se-á assim o primeiro país do G7 (grupo das sete economias mais avançadas do mundo) a autorizar esta droga para fins recreativos e o segundo em todo o mundo, a seguir ao Uruguai.

O anúncio foi feito depois de as duas câmaras do parlamento canadiano terem aprovado, esta semana, o projeto de lei do Governo liberal que, desta forma, cumpriu uma promessa eleitoral.

O uso desta droga leve para fins medicinais já era permitido no país desde 2001.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.