Ao bater na final a indiana Pusarla Venkata Sindhu (21-19 e 21-10), a jogadora andaluza enriqueceu um palmarés em que já constavam as medalhas de ouro nos Mundiais de 2014 e 2015 e o título olímpico nos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016, este também com um triunfo sobre Sindhu na final.

Já nesta temporada, Marín, nascida em Huelva há 25 anos, sagrou-se campeã da Europa pela quarta vez, terceira consecutiva.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.