Os homens foram detidos ontem, depois de a polícia receber uma pista sobre um possível ataque a um centro de migrantes em Nynashamn, 60km ao sul de Estocolmo, segundo as autoridades. Todos os suspeitos tinham documentos de identificação estrangeiros, segundo a polícia, citada pelo jornal "Aftonbladet". Alguns eram de nacionalidade polaca e trabalhavam na Suécia, segundo a mesma fonte. "Acreditamos que o centro de migrantes era o alvo do ataque", declarou à AFP o porta-voz da polícia, Hesam Akbari.

No mês passado, dezenas de homens encapuzados, supostamente ligados a grupos neonazis, concentraram-se no centro de Estocolmo e distribuíram folhetos em que pediam que se atacassem jovens migrantes. Em 2015, 163 mil refugiados entraram com um pedido de asilo na Suécia, país de 9,8 milhões de habitantes. 

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.