Constança Urbano de Sousa demitiu-se do executivo socialista depois dos incêndios que deflagraram em 15 de outubro, que provocaram até agora 45 mortos - ato que teve como consequência imediata a ‘queda’ de Jorge Gomes do cargo de secretário de Estado.

A ex-ministra Constança Urbano de Sousa, investigadora especializada em questões de segurança e justiça da União Europeia, foi 15.ª da lista de candidatos a deputados pelo PS no círculo eleitoral do Porto, nas eleições legislativas de outubro de 2015.

Já o ex-secretário de Estado da Administração Interna Jorge Gomes, antigo governador civil de Bragança, foi cabeça de lista pelo PS, em 2015, no círculo eleitoral de Trás-os-Montes.

Ao contrário de Constança Urbano de Sousa, Jorge Gomes tem já uma longa carreira política no PS, tendo sido um dos elementos do "núcleo duro" do atual líder, António Costa, na corrida ao cargo de secretário-geral em 2014, contra António José Seguro.

Com a ascensão de António Costa ao cargo de secretário-geral do PS, em novembro de 2014, Jorge Gomes foi designado secretário nacional do partido para a Organização, cargo que tutela o chamado aparelho partidário.

Jorge Gomes saiu do Secretariado Nacional do PS depois de ter sido nomeado, em dezembro de 2015, para o lugar de secretário de Estado da Administração Interna.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.