Durante uma conferência de imprensa em Bruxelas, a comissária europeia da Saúde, Stella Kyriakides, adiantou que o executivo comunitário abordou a questão com o ECDC, cujos especialistas consideram que os dados científicos disponíveis de momento não apontam para a necessidade de um uso generalizado das máscaras FFP2, aconselhadas para os profissionais de saúde.

Máscaras: Abandonar as comunitárias, correr para comprar FFP2 ou usar duas ao mesmo tempo? O mais importante é usá-las bem
Máscaras: Abandonar as comunitárias, correr para comprar FFP2 ou usar duas ao mesmo tempo? O mais importante é usá-las bem
Ver artigo

Stella Kyriakides, que surgiu na conferência de imprensa na sede da Comissão Europeia precisamente com uma máscara FFP2, “por coincidência”, sublinhou que o importante é “continuar a encorajar todas as pessoas a usarem máscara, a usarem-na corretamente, e a manter o distanciamento social”.

“Mas, para já, o ECDC não apoia o uso de máscara FFP2 pela comunidade” em geral, reforçou.

À luz das novas variantes do SARS-CoV-2, potencialmente mais contagiosas, alguns Estados-membros da UE, como a Alemanha e a França, tornaram obrigatória a utilização de máscaras cirúrgicas ou FFP2 em locais como transportes públicos e lojas, proibindo as máscaras comunitárias, fabricadas de forma artesanal.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.