“É uma resposta de toda a comunidade a um problema de humanidade, a de tentar que as famílias possam reunir-se no Natal e quebrar a solidão dos idosos nos lares”, afirmou o presidente da Câmara, Carlos Carreiras, à agência Lusa.

O autarca explicou que, como os lares não têm espaços suficientes para isolar os idosos depois de estes terem ido passar o Natal junto das respetivas famílias, a autarquia vai financiar testes de diagnóstico.

Vai também pagar estadias aos idosos e a um acompanhante em unidades hoteleiras do concelho, para que possam cumprir o tempo de quarentena, evitando assim eventuais surtos de infeção nos lares onde residem.

“É também uma ajuda às próprias unidades hoteleiras”, acrescentou Carlos Carreiras.

Poderão candidatar-se idosos autónomos, cujas famílias residam neste concelho do distrito de Lisboa.

O município estima investir entre 300 mil e 400 mil euros com a medida, mas conta também com a ajuda de mecenas.

Já estabeleceu parceria com a Santa Casa da Misericórdia de Cascais e com a Delegação da Cruz Vermelha do Estoril.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.545.320 mortos resultantes de mais de 67 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 5.122 pessoas dos 327.976 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.