Também no ‘site’ do Instituto de Proteção e Assistência na Doença (ADSE) foi publicado um aviso aos beneficiários nesse sentido.

“As juntas médicas da ADSE estão suspensas, pelo período de 18 de março [hoje] a 18 de junho de 2020”, pode ler-se na página da ADSE.

O instituto dá cumprimento ao despacho com data de 17 de março assinado pela diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, que determina “a suspensão de todas as juntas médicas, devido à necessidade de mobilização de todos os profissionais de saúde para a assistência no âmbito da Emergência de Saúde Pública relacionada com a epidemia de Covid-19”.

O despacho determina que a medida “poderá ser alterada em função da evolução epidemiológica da infeção”.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou na hoje o número de casos confirmados de infeção para 642, mais 194 do que na terça-feira. O número de mortos subiu para dois.

Dos casos confirmados, 553 estão a recuperar em casa e 89 estão internados, 20 dos quais em unidades de cuidados intensivos (UCI).

Das pessoas infetadas em Portugal, três recuperaram.

De acordo com o boletim, há 6.852 contactos em vigilância pelas autoridades de saúde.

Atualmente, há 24 cadeias de transmissão ativas em Portugal, mais cinco do que na terça-feira.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.