“Registámos, hoje de manhã, a morte de um homem de 93 anos que estava infetado pelo novo coronavírus e tinha várias patologias associadas”, explicou Jacinta Fernandes.

Um surto de covid-19 atingiu 60 dos 74 utentes e 16 dos 42 funcionários do Lar da Santa Casa da Misericórdia de Miranda do Douro, no distrito de Bragança.

“Foram testadas 130 pessoas entre os utentes e funcionários. Deste total, 60 são utentes a que se juntam mais 16 funcionários”. Trata-se de um surto relativamente grave”, afirmou no final de dezembro Jacinta Fernandes.

Segundo a provedora, todos os espaços do Lar foram já sujeitos a um processo de desinfeção levado a cabo por uma empresa especializada, e foi de imediato acionado o Plano de Contingência da instituição.

O primeiro caso positivo para o novo coronavírus naquela instituição foi registado no dia 23 de dezembro.

Os utentes e funcionários que testaram negativo no dia 29 de dezembro de 2020 serão “rastreados” novamente na terça-feira.

Jacinta Fernandes disse ainda que há três idosos que necessitam de vigilância médica “mais apertada”, estando um internado numa unidade hospitalar da região.

Portugal contabiliza pelo menos 7.118 mortos associados à covid-19 em 427.254 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O estado de emergência decretado em 09 de novembro para combater a pandemia foi renovado até 07 de janeiro, com recolher obrigatório entre as 23:00 e as 05:00 nos concelhos do território do continente de contágio mais elevado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.