"Faço-lhe um apelo público para que determine o encerramento das escolas" a partir de quinta-feira, escreve Rui Rio, em comunicado, no seguimento das notícias de que Costa "vai repensar, ainda hoje, a questão das aulas presenciais".

O líder social-democrata afirmou que, desde o início da crise epidémica em Portugal, em março de 2020, “o PSD tem facilitado ao Governo todos os instrumentos de que necessita para o combate à pandemia”, apesar de o executivo “pouco querer ouvir” o maior partido de oposição.

E deu como exemplo a “possibilidade de adiamento das eleições” ou a proposta de “encerramento das escolas a partir do 6.º ano”.

“O Governo decretou um confinamento muito permissivo, sendo que o funcionamento pleno das escolas é o caso mais evidente dessa permissividade”, alegou Rui Rio, que cumpre hoje o último dia de confinamento profilático por contacto com uma pessoa infetada.

As ministras de Estado e da Presidência e da Saúde reúnem-se com epidemiologistas hoje, ao fim da tarde, numa altura em que aumenta a pressão para o encerramento das aulas presenciais do terceiro ciclo e do Secundário.

Fonte do Governo referiu à agência Lusa que esta reunião de Mariana Vieira da Silva e Marta Temido com os epidemiologistas que habitualmente participam nos encontros com o Governo, Presidente da República e partidos, no Infarmed, em Lisboa, antecede o Conselho de Ministros desta quinta-feira.

O primeiro-ministro, António Costa, que se encontra em Bruxelas, no âmbito da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia, reunir-se-á com as ministras de Estado e da Presidência e da Saúde logo após chegar a Lisboa esta noite.

Na terça-feira, durante o debate sobre política geral na Assembleia da República, António Costa admitiu a possibilidade de se proceder a um encerramento de escolas caso fique demonstrado que a variante inglesa do novo coronavírus, que é mais contagiosa, se está a tornar dominante nos estabelecimentos de ensino.

O Presidente da República afirmou que o Governo vai ponderar, entre hoje e quinta-feira, o eventual encerramento das escolas, podendo tomar uma decisão antes da sessão alargada com epidemiologistas marcada para terça-feira.

(Notícia atualizada às 18:52)

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.