Em comunicado, a Direção-Geral da Saúde (DGS) informa que do total de 23 casos confirmados de infeção pelo vírus responsável pela doença Covid-19 na região Norte, 19 deles correspondem ao mesmo foco, estando a maioria deles circunscritos aos concelhos de Felgueiras e Lousada.

O comunicado, assinado pela diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, acrescenta que há 296 pessoas em isolamento profilático e vigilância ativa, num universo de 646 contactos identificados. 21 casos aguardam resultados laboratoriais.

"Tendo em conta a circunscrição de maioria destes casos aos concelhos de Felgueiras e Lousada, afetando também instituições escolares, a evidência apoia o fecho preventivo de todas as escolas", pode ler-se no documento divulgado na noite deste domingo.

"Estudos comparativos em circunstâncias de epidemia mostram que o fecho preventivo tem maior efeito quando comparado com o reativo", sublinha a DGS, à semelhança do que já tinha sido dito em conferência de imprensa neste sábado, quando foram anunciados os encerramentos de uma escola básica e secundária Felgueiras, duas faculdades da Universidade do Porto e um 'campus' da Universidade do Minho.

"De acordo com os dados conhecidos, a maioria das crianças tem quadros ligeiros a moderados mas têm um reconhecido papel como transmissoras de doença, sendo que a redução do contacto entre elas poderá retardar a transmissão da doença na comunidade", explica a DGS.

"Assim sendo, mediante o acumular de casos nos concelhos acima referidos, e correspondendo ao consensualizado entre as Autoridades de Saúde do nível nacional, regional e local, proceder-se-á ao encerramento não só dos estabelecimentos escolares (públicos e privados), mas também à suspensão de atividade dos estabelecimentos de lazer/culturais e de utilização pública,
designadamente ginásios, bibliotecas, piscinas, espaços para eventos e cinemas."

"Esta medida é temporária e durará até ser levantado o encerramento por parte das Autoridades de Saúde", diz ainda a DGS, que recomenda que 2as pessoas dos concelhos de Felgueiras e Lousada devem evitar deslocações desnecessárias e participar em reuniões com elevado número de pessoas, de forma a reduzir o número potencial de pessoas contagiadas."

No sábado, a Câmara de Felgueiras anunciou o encerramento dos equipamentos municipais de Idães, incluindo biblioteca e piscina, como medida adicional à suspensão de atividade na Escola Básica e Secundária da localidade, anunciada pela DGS e pela ministra da Saúde.

A epidemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou cerca de 3.600 mortos entre mais de 105 mil pessoas infetadas numa centena de países e territórios.

Das pessoas infetadas, cerca de 60 mil recuperaram.

Depois de a China ter colocado 60 milhões de pessoas em quarentena para tentar travar a epidemia, a Itália anunciou uma medida idêntica no Norte do país, que pode afetar cerca de 16 milhões de pessoas em cidades como Milão, Veneza ou Parma.

A Itália registou já 233 mortos em quase seis mil pessoas detetadas com o novo coronavírus, que pode causar infeções respiratórias como pneumonia.

Em Portugal, estão confirmados 21 casos de infeção e o Governo anunciou a suspensão temporária de visitas em hospitais, lares e estabelecimentos prisionais na região Norte.

Foram também encerrados temporariamente alguns estabelecimentos de ensino secundário e universitário.

No sábado, a ministra da Saúde, Marta Temido, admitiu que o risco da epidemia em Portugal poderá ser reavaliado nas próximas horas, e levar à adoção de novas medidas excecionais.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.