A presidente do Conselho de Administração do Hospital Distrital de Santarém (HDS), Ana Infante, disse à Lusa que, ao princípio da tarde de hoje, foram conhecidos os resultados dos testes realizados aos médicos que estavam em quarentena, os quais se apresentarão sábado ao serviço.

Na segunda-feira, o HDS pediu que os doentes urgentes fossem encaminhados para outras unidades hospitalares por ter 19 médicos da escala do seu Serviço de Urgência ausentes, quatro deles com covid-19 e 15 em isolamento por “contacto de alto risco”.

Em comunicado, o diretor clínico do HDS, Paulo Sintra, afirmava que este hospital viu diminuída a sua capacidade de resposta dada a ausência destes 19 clínicos e ao facto de o Serviço de Internamento estar “sobrecarregado pela falta de profissionais disponíveis”.

Ana Infante disse hoje que a enfermaria covid do HDS, onde se encontram 21 doentes, está “cheia”, não estando qualquer dos doentes em cuidados intensivos.

No comunicado emitido na segunda-feira, Paulo Sintra sublinhava que, entre terça-feira e hoje, o Serviço de Urgência do HDS estava “disponível para atender todos os utentes que se desloquem pelos seus próprios meios”, tendo sido comunicado ao CODU (Centro de Orientação de Doentes Urgentes) que todos os outros doentes, com especial enfoque nos doentes emergentes, fossem encaminhados para os Serviços de Urgência de outras unidades hospitalares.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 863 mil mortos no mundo desde dezembro do ano passado.

Portugal contabiliza pelo menos 1.833 mortos associados à doença em 59.457 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.