“Parabéns a Nancy Pelosi, novamente eleita pelos democratas da Câmara para ser a nossa corajosa líder e candidata ao cargo de presidente do 117.º Congresso”, pode ler-se na conta daquela bancada na rede social Twitter.

Apesar de algumas vozes contra a continuação de Pelosi no cargo, a democrata voltará a tomar posse em janeiro, após uma votação formal de representantes eleitos, no momento de arranque da nova sessão parlamentar, quando Joe Biden tomar posse como 46.º Presidente dos EUA.

Os 435 lugares dos representantes eleitos da câmara baixa do Congresso foram todos renovados ao mesmo tempo da eleição presidencial, em 03 de novembro, voltando a dar uma maioria aos democratas, mas que foi encurtada, sendo nesta legislatura de 232 lugares contra 198 dos republicanos (sendo um do Partido Libertário e havendo quatro lugares ainda por nomear).

Uma das mais acérrimas adversárias do Presidente cessante, Donald Trump, Nancy Pelosi assumiu a presidência da Câmara de Representantes em janeiro de 2019, após as eleições intercalares de novembro de 2018, que asseguraram a maioria aos democratas.

Perante os apelos da ala mais progressista do Partido Democrata, que questiona a sua autoridade, Pelosi concordou agora em limitar o seu mandato a quatro anos, ou seja, até às próximas eleições intercalares, que serão em novembro de 2022.

Nancy Pelosi já tinha ocupado o cargo de presidente da câmara baixa do Congresso entre 2007 e 2010, tendo sido então a primeira mulher na história dos Estados Unidos a chegar a esse lugar.

A figura de presidente da Câmara de Representantes é a terceira mais importante no aparelho do Estado norte-americano, depois do Presidente e do vice-Presidente.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.