Em comunicado, a Polícia Judiciária (PJ), através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, referiu que a investigação conseguiu determinar que os “presumíveis autores” planearam de forma antecipada o assassínio da mulher.

De acordo com a PJ, os homens estão indiciados pela prática, em coautoria, de um crime de homicídio qualificado.

A detenção do filho, de 40 anos, ocorreu alguns dias após o crime, segundo a Polícia Judiciária, tendo-lhe sido decretada a medida de coação de prisão preventiva.

Por seu turno, o coautor foi detido na segunda-feira, num bairro da cidade de Lisboa, depois de se ter ausentado “da sua residência habitual para paradeiro desconhecido”.

O homem de 38 anos será hoje presente a primeiro interrogatório, no qual lhe serão aplicadas as medidas de coação processual adequadas.

As autoridades indicaram ainda que a vítima “viria a ser morta” numa residência onde habitava ocasionalmente, através de utilização de arma branca, tendo-lhe sido roubados alguns bens.

De acordo com as autoridades policiais, o filho da vítima pretendeu obter “proveitos económicos, acordando com o seu coautor, a troco de um pagamento, a execução conjunta do crime”.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.