Segundo a deputada Marisa Matias, que organizou a iniciativa, fala-se muito "da liberdade de circulação, de estabelecimento e de trabalho num outro Estado Membro, mas reflete-se muito pouco sobre as questões da integração de quem faz uso desses direitos".

A eurodeputada do Bloco de Esquerda recordou "as notícias da discriminação dos alunos portugueses pelo próprio sistema de educação do Grão-Ducado", referindo-se a um estudo universitário que indica que os imigrantes podem estar a ser vítimas dos preconceitos dos professores neste país, um caso que a Lusa noticiou em 16 de outubro e que levou na terça-feira Marisa Matias a questionar a Comissão Europeia.

"É muito importante que os deputados europeus tenham consciência desta questão. Num momento em que tanto se fala da construção de enormes muros como solução para tudo, é fundamental olhar para os que já foram erigidos de forma menos percetível ao olhar", afirmou a eurodeputada em comunicado.

À projeção do documentário, que foi exibido em fevereiro no Festival Internacional de Cinema do Luxemburgo e fez parte da competição oficial do Taiwan International Documentary Festival, segue-se um debate com os realizadores Rui Abreu, Thierry Besseling e Loïc Tanson.

Os realizadores filmaram durante três anos a vida de quatro imigrantes portugueses em busca do "sonho luxemburguês": Fernando, eletricista recém-chegado ao país, Jonathan, um adolescente com dificuldades na escola, Isabel, que encontra trabalho a fazer limpezas, e Carlos, que procura a reabilitação após ter tido problemas com a justiça.

Em março, o realizador Rui Abreu disse à Lusa que o filme "mostra a realidade" da comunidade portuguesa no país, mas há quem se queixe que "Eldorado" deixa de fora "os casos de sucesso" da imigração portuguesa.

"Para nós era importante mostrar o que continua a ser o trabalho da maioria dos portugueses no Luxemburgo, sem negar que haja outro tipo de histórias e pessoas com vidas mais fáceis, mas é precisamente por estas vidas não serem fáceis que quisemos dar-lhes voz", explicou o realizador português, que vive no Luxemburgo desde os 11 anos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.