Segundo Michael D. Leverock, agente especial do FBI em Miami, citado pela agência noticiosa Associated Press (AP), o suspeito, que se encontrava barricado numa residência, foi também abatido durante uma troca de tiros com as autoridades policiais.

Dois dos agentes feridos foram transportados para o hospital e encontram-se estáveis, sublinhou Leverock, acrescentando que os nomes dos agentes mortos não serão, para já, indicados, tal como o nome do suspeito.

Segundo Leverock, que não adiantou pormenores sobre o estado de saúde do terceiro homem ferido, os agentes chegaram a uma residência com um mandado de busca federal num caso que envolvia crimes violentos contra crianças.

Após o tiroteio, um reforço das forças de segurança cercou o bairro de Sunrise, nos subúrbios de Fort Laudardale, enquanto outro contingente policial foi enviado para o hospital, na mesma cidade, para onde foram transportados os agentes do FBI feridos.

O tiroteio aconteceu por volta das 06:00 locais (11:00 em Lisboa) num bairro de classe média com residências, duplexes e prédios de apartamentos.

Horas depois, a polícia de Sunrise pediu aos residentes para permanecerem em casa enquanto a polícia bloqueava as entradas no bairro.

As armas de fogo abundam na Florida e são facilmente acessíveis ao público.

Nos últimos anos, a península, localizada no sudeste dos Estados Unidos, tem sido também palco de vários tiroteios particularmente mortais.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.