A Direção-Geral do Consumidor (DGC), em comunicado publicado na sua página de internet, informa que a Amazon se comprometeu “a partir de” 1 de julho a fazer alterações ao serviço de cancelamento do serviço Amazon Prime, utilizando apenas dois cliques e um botão de cancelamento claro e visível e seguindo as regras de proteção do consumidor da União Europeia.

“A empresa comprometeu-se a implementar estas alterações em todos os seus ‘websites’ disponíveis na União Europeia e para todos os dispositivos”, acrescenta.

Esta medida terá resultado de um diálogo desenvolvido pela Comissão Europeia e pelas autoridades nacionais de proteção do consumidor com a empresa, no âmbito de um processo iniciado em 2021, no seguimento de queixas apresentadas por várias entidades denunciando dificuldades dos utilizadores europeus no cancelamento daquele serviço, nomeadamente devido a “menus confusos e informações pouco claras”.

A DGC adianta que a situação vai continuar a ser monitorizada pela Comissão Europeia e pelas autoridades nacionais.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.