Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a empresa, detida em 82,6% pela EDP, anunciou que “através da sua subsidiária EDPR UK Limited, concluiu a alienação de uma participação acionista representativa de 13,4% do capital social e suprimentos relativos ao projecto Moray Offshore Windfarm (East) Limited à Diamond Generating Europe Limited (“DGE”), por um total de 54 milhões de libras”.

A venda segue-se à transação inicial de 20%, anunciada em 23 de março deste ano, quando ficou acordada a alienação de uma participação adicional de 13,4%.

O mesmo comunicado detalha que, com esta operação, a participação da EDPR neste projeto passa a 43,3%, "juntamente com a DGE (33,4%) e a ENGIE (23,3%)”.

Em setembro de 2017 a Moray Offshore Windfarm (East) Limited venceu um contrato do Reino Unido “de 15 anos para a entrega de 950 MW [Megawatts] de geração eólica offshore a 57,5 libras/MWh [megawatt/hora]”.

A conclusão do projeto está prevista para 2022.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.