O painel vermelho de 37 metros de largura e 18 de altura pode ser visto do leste de Manhattan e dos barcos turísticos que navegam em torno da ilha. Foi instalado na década de 1940 para decorar o telhado de uma fábrica de engarrafamento da Pepsi, numa área industrial ao longo do rio de Long Island City. A construção teve lugar em 1946, com o logótipo da marca dessa época e pontos em neon integrados nas letras de aço e porcelana, junto à silhueta de uma imensa garrafa de Pepsi. Foi restaurado em 1993 após uma violenta tempestade de inverno.

As negociações para que fosse considerado um monumento histórico começaram em 1998. Tiveram fim na terça-feira com voto unânime dos membros da comissão municipal de monumentos históricos. "A sua localização proeminente e as aparições frequentes na cultura pop fizeram dele um dos ícones mais adorados de Queens", declarou a presidente da comissão, Meenakshi Srinivasan.

A fábrica fechou em 1999 e foi vendida e demolida em 2001, mas o painel foi protegido e reinstalado a alguns metros dali, em 1998, no parque Gantry Plaza. Vários filmes têm imagens do painel, entre eles "Munique", de Steven Spielberg (2005) e "A Intérprete", de Sydney Pollack (2005). 

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.