Murtaza vive numa área do Afeganistão controlada pelos Taliban, na província de Ghazni. A camisola improvisada foi feita pelo irmão Homayoun, 15 anos, a partir de um saco de plástico. O pequeno Murtaza, de cinco anos, diz que é um grande fã de Messi e que gosta muito da camisola. “Quando crescer, quero ser como o Messi”, disse Murtaza à AFP.

Homayoun tinha publicado online, há duas semanas, uma foto do irmão com o saco-camisola. Rapidamente a imagem tornou-se viral e muitas pessoas quiseram saber quem ele era, para lhe oferecerem uma camisola de Messi verdadeira. O pai de Murtaza é agricultor e diz que não tem dinheiro para lhe comprar uma camisola de Messi (mesmo a bola com que o filho brinca está furada), mas que espera que Murtaza se torne o Messi do Afeganistão.

Segundo a Radio Free Europe, que disponibilizou e apelou à partilha do vídeo abaixo, uma conta de fãs no Twitter diz que já foi contactada por representantes de Messi que manifestaram o seu interesse em ajudar Murtaza.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.