O PS está à frente na sondagem, com 33,6%, o PSD em segundo com 31,1% e, apesar de estarem separados por 2,5 pontos percentuais, este resultado é considerado empate técnico dado que este valor está dentro da margem de erro do estudo (4%).

Segundo estes resultados, os dois maiores partidos elegeriam oito eurodeputados cada um, ainda de acordo com o estudo.

Relativamente ao estudo de março, os sociais-democratas sobem dois pontos percentuais e os socialistas descem meio ponto.

Em terceiro lugar, surge a coligação CDU (PCP-PEV), com 9,4%, que poderia perder um eleito, e, em quarto, está o Bloco de Esquerda, com 8%.

Com este resultado, os bloquistas poderiam eleger um segundo deputado ao Parlamento Europeu.

Em quinto lugar aparece o CDS-PP, com 6,8%, que, assim, manteria um eurodeputado.

Nenhum dos novos partidos que vão concorrer às eleições de 26 de maio conseguiriam, com esta sondagem, eleger qualquer eurodeputado. O Aliança é o único referido, com 1,3% nas intenções de voto.

A sondagem da Aximage tem por base 602 entrevistas por via telefónica, distribuídas por todo o país e regiões autónomas, foi feita em 30 e 31 de março e 01 de abril. A margem de erro é de 4%.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.